Artigos‎ > ‎

O Papel do Laboratório de Microbiologia

O setor de Microbiologia dentro do Laboratório de Análises Clínicas desempenha um papel fundamental. Dentre eles podemos citar: auxílio ao diagnóstico e cura de infecções; detecção de surtos; suporte ao sucesso do programa de controle de infecção hospitalar dentro de uma instituição; fornecimento de informações ao serviço de vigilância epidemiológica....

Dentre as atribuições do laboratório de Microbiologia Clínica podemos mencionar os principais:
  • isolamento e identificação de microrganismo envolvido em um processo infeccioso;
  • determinação do perfil de sensibilidade aos antimicrobianos para uso racional dos antibióticos;
  • vigilância de microrganismos considerados "problema" (resistentes a vários ou até mesmo a todos os antibióticos) dentro de uma Instituição;
  • fornecimento de dados epidemiológicos dos diferentes agentes etiológicos de infecção hospitalar e perfil de sensibilidade.
  • suporte microbiológico na investigação de surto...
A coleta e o transporte adequados dos diferentes materiais biológicos são fatores fundamentais para o sucesso na recuperação de um agente etiológico, assim como para uma correlação clínica adequada. Existe uma grande diversidade quanto aos espécimes clínicos passíveis de serem cultivados, além de uma extensa lista de possíveis agentes etiológicas.O impacto negativo de uma coleta inadequada (material contaminado, demora para o plantio,...) pode gerar desperdício de recursos utilizados e resultados errôneos comprometendo diretamente o diagnóstico, tratamento e cura do paciente.
Vários sistemas para isolamento e identificação de microrganismos estão disponíveis, tanto automatizados, semi-automatizados ou manuais, utilizados de acordo com as necessidades individuais de cada laboratório.
Determinação do perfil de sensibilidade aos antimicrobianos: constitui atribuição fundamental do laboratório, cujo objetivo fundamental é auxiliar na escolha do antimicrobiano mais adequado, contribuindo para sucesso terapêutico. Deve ser realizado somente nos microrganismos considerados verdadeiros patógenos e não em microrganismos da microbiota normal ou contaminantes.
As principais metodologias que podem ser empregadas são:
- métodos qualitativos por disco difusão (mais utilizado); métodos quantitativos, que determinam a concentração inibitória mínima (microdiluiçao, E-test); métodos automatizados.

Os microrganismos "Problemas" (multiresistentes = resistentes a vários antibióticos) que mais preocupa os microbiologistas são: os Enterococcus, Klebsiella pneumoniae, Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa, Acinetobacter spp e Staphylococcus spp.

Vários meios de culturas seletivos podem ser utilizados para otimizar os recursos laboratoriais e também vários meios enriquecidos podem ser utilizados para recuperar microrganismos fastidiosos.
Concluindo, o Laboratório de Microbiologia é uma ferramenta de grande importância para propiciar à população a tão sonhada “saúde” (“o importante é saúde, o resto a gente corre atrás...”).


Comments